Canadá | 2022

dos Parques naturais das montanhas rochosas à ilha de vancouver

Spots Fotográficos

Montanhas Rochosas | Glacier National Park e os ursos | Vancouver Island e as cidades típicas do Canadá

Adicionar favoritos Remover dos favoritos
Não é por acaso que o Canadá tem sido, repetidamente, considerado um dos melhores destinos turísticos do Planeta e, para esta expedição, escolhemos o melhor que este país tem para oferecer: os Parques Nacionais das Montanhas Rochosas e a Ilha de Vancouver, com as suas paisagens deslumbrantes e fantástica vida selvagem e as cidades de Vancouver e Victoria.

A nossa expedição terá início em Vancouver, British Columbia, uma das mais fascinantes cidades da América do Norte. Daqui, viajaremos até às magníficas paisagens das Montanhas Rochosas, através da Crowsnest Highway, atravessando o surpreendente Vale do Okanagan e a encantadora região das Kootenays.
(Voltaremos a Vancouver, para, com mais calma, usufruirmos dois dias de descoberta e assimilar as inesquecíveis experiências colecionadas durante esta expedição).

E.C. Manning Provincial Park
Localizado relativamente perto de Vancouver, este, que é um dos mais populares parques naturais na província de British Columbia, será a nossa primeira paragem.
Depois de um café no histórico Manning Park Resort, rapidamente subiremos ao miradouro Cascades Lookout, a 1650 m, de onde poderemos disfrutar de uma esplêndida panorâmica da cordilheira das Cascades que se estende até ao norte da Califórnia. O Dry Ridge Trail, já na zona sub-alpina do parque permitir-nos-á descobrir um pouco da beleza deste parque de montanha. Aves como o gaio-azul, ou o quebra-nozes-de-Clark, e pequenos mamíferos como a pika e a tâmia (chipmunk) são alguns dos animais que, frequentemente, podem ser observados deste trilho.

Osoyoos, BC
No vale do rio Okanagan, junto à fronteira com os EUA, Osoyoos é uma singularidade para um país como o Canadá. A paisagem desértica, os cactos e a abundância de coiotes e cascavéis não enganam – estamos no limite norte do Deserto de Sonora!
Antes de atravessarmos o lago Okanagan, o Spotted Lake será um local a fotografar. Graças à deposição de minerais, este lago, reverenciado pelas tribos nativas locais, transforma-se, durante o verão, num cenário policromático extremamente interessante, formado por um conjunto de lagoas circulares de diferentes colorações.
Uma visita ao Nk’Mip Desert Heritage Centre, gerido pela tribo local, proporcionará belas paisagens do deserto e uma compreensão do modo de vida dos índios do vale do Okanagan.

Nelson, BC
A primeira pernoita.
No coração das Kootenays, na margem do Lago Kootenay e junto às montanhas Selkirk, Nelson é considerada, por muitos, a mais bela cidadezinha do Canadá.
Nelson sempre foi uma cidade onde os cidadãos pensam à frente do seu tempo. Quando, em outros locais, se destruíam edifícios históricos, para darem lugar a edifícios modernos, em Nelson revitalizava-se o centro histórico e trazia-se nova vida à cidade, que conta com 350 edifícios classificados. Não foi por acaso que, durante a Guerra do Vietname, Nelson foi o mais popular refúgio para draft dodgers (jovens que se furtavam ao recrutamento militar). Esta capacidade de atração de espíritos livres mantém-se e Nelson continua a chamar, a si, artistas, escritores e entusiastas dos desportos de montanha, que escolhem fixar-se aqui.
Esta história reflete-se no ambiente relaxado, na vida noturna, nos bares e restaurantes, e nas galerias de arte.

Fort Steele Heritage Town, BC
Fort Steele é uma das mais bem conservadas povoações Canadianas da época do Oeste Sem Lei! Na verdade, no local onde uma barcaça permitia a travessia do Rio Kootenay, Fort Steele nasceu para que a lei pudesse ser trazida à região das West Kootenays.
Tal como um bom vinho, esta povoação da corrida ao ouro, que nunca chegou a ser uma cidade-fantasma, envelheceu bem, e os habitantes locais e a província de British Columbia tiveram o bom senso de a conservar. Graças a esta boa ideia, hoje, podemos passear pelas ruas da pitoresca povoação, beber uma bebida no saloon, comprar biscoitos numa padaria do Sec. XIX, fotografar o bulício de pessoas em trajes de época ou, simplesmente, visitar os vários edifícios, entre os quais o antigo quartel da Polícia Montada.

Parques nacionais das Montanhas Rochosas: Kootenay, Banff, Jasper e Yoho.
O ponto mais alto desta aventura fotográfica! As paisagens das Montanhas Rochosas Canadianas são um sonho para qualquer fotógrafo: montanhas de picos escarpados, glaciares e campos de gelo imponentes; lagos de águas azul-turquesa, verdes prados alpinos, floridos, florestas a perder de vista, vales encaixados, rios de águas turbulentas, canyons, cataratas e vida selvagem.
A nossa entrada neste conjunto de parques Património da Humanidade far-se-á pelo Kootenay National Park. Aqui, teremos a oportunidade de fazer o nosso primeiro trek nesta região: 11 Km até à imagem perfeita do Floe Lake.
Pernoita na cidade de Radium Hot Springs, BC, no Kootenay National Park.

O Banff National Park, em Alberta, é o parque que se segue. Criado em 1885, Banff é o mais antigo parque nacional Canadiano, e, de todos, o mais celebrado. Pernoitaremos na encantadora cidade de Banff, onde teremos a oportunidade de visitar o Fairmont Banff Springs Hotel com o seu ar de castelo encantado, e as nascentes termais.
Fotografaremos o Mout Rundle das margens do Vermillion Lake, aventurar-nos-emos pelo Johnston Canyon, e observaremos a vida selvagem nas margens do Bow River (não podemos esquecer que estes parques são território de vida selvagem. Alces, veados wapiti, ursos pretos e grizzly, cabras e carneiros das Montanhas Rochosas são alguns dos animais que poderemos ter a sorte de fotografar). As águas azul-turquesa do Lake Louise e do Emerald Lake – este último talvez a imagem mais reproduzida das Montanhas Rochosas – também não escaparão às nossas objetivas.
A nossa road trip levar-nos-á através da Icefields Parkway, no Jasper National Park, até à povoação de Jasper e ao Maligne Lake (outra das paisagens mais celebradas das Montanhas Rochosas), passando pelo Peyto Lake, Columbia Icefield, Athabasca Glaciar, Athabasca Falls, Sunwapta Falls…
Despedimo-nos dos parques das Montanhas Rochosas no Yoho National Park, cujo nome nativo diz tudo: “Maravilha”! Aqui faremos outro trek memorável, até ao Lake McArthur.

De novo na estrada, na descida do Kicking Horse Pass, não deixaremos de fotografar os Spiral Tunnels, famosos túneis ferroviários onde, numa imagem, conseguimos capturar a locomotiva emergindo do túnel, enquanto a mais de centena e meia de vagões, carregados de carvão, entra no mesmo túnel, mais acima.

Glacier National Park
Criado, apenas, um ano depois do Banff National park, o Glacier National Park também faz parte do conjunto das “joias da coroa” do serviço de parques nacionais do Canadá.
Mais ainda do que nas Montanhas Rochosas, esta é uma paisagem de cumes escarpados, onde a forte precipitação anual proporciona uma das maiores concentrações de glaciares, fora das terras árticas e, no fundo dos vales, florestas de chuvas, onde as árvores gigantescas são cobertas de musgos e dois animais se destacam: o urso-grizzly, o caribou-da-montanha.
Segundo os especialistas, é no Glacier National Park que se encontram os melhores trilhos da América do Norte e o Abbot Ridge é o melhor de todos. Este será o nosso último, grande, trek, desta expedição, e que nos permitirá disfrutar de uma das mais espetaculares vistas desta viagem.
A despedida desta região far-se-á em Reveltoke, encantadora cidade das Kootenays, nascida do grande projeto de construção da ferrovia Trans-Canadá, que, aqui, foi finalizada.

Vancouver Island
Antes de regressarmos à cidade de Vancouver, ainda navegaremos até à Ilha de Vancouver, para visitarmos Victoria, a sedutora capital provincial de British Columbia, e fotografarmos orcas e outra vida selvagem, no seu ambiente natural. Na ponta Sul da Ilha de Vancouver, Victoria é uma cidade que se esforça por manter o charme e a herança britânica, que se pode sentir, por ex., quando passeamos no Inner Harbour, com o Fairmont Empress Hotel e os edifícios do parlamento provincial. A não perder, o Royal British Columbia Museum que, num país que se destaca pela qualidade da sua museologia, é um dos melhores museus do país. O impacto com que, aqui, contactamos com a cultura das tribos do Pacífico Noroeste é avassalador. Poderemos fotografar livremente, neste museu.
Deixamos Victoria para darmos um pulinho a Tofino e ao Pacific Rim National Park Reserve. Junto a Tofino, o Clayoquot Sound é um dos melhores locais do Mundo para whalewatching*. Orcas, baleias cinzentas e baleias de bossas são, frequentemente, avistadas, por aqui. Melhor, ainda, a paisagem de ilhas arborizadas e pequenas baías proporciona excelentes cenários, para a fotografia. Regra geral, durante estas expedições, há oportunidade de observar e fotografar outros exemplares da vida selvagem desta província Canadiana.
*Expedição de whalewatching suportada por cada um.

Vancouver
A joia do Pacífico. Com um dos mais belos enquadramentos naturais que o Planeta Terra pode proporcionar, esta metrópole, vibrante e sofisticada, tem sido, consecutivamente, considerada a melhor cidade do Mundo para se viver. Em qualquer local em que nos encontremos, vemos água, montanhas ou espaços verdes. Muitas vezes, tudo de uma só vez! É uma cidade onde podemos, por exemplo, mergulhar de manhã, esquiar de tarde, jantar num excelente restaurante e ir a um concerto de um cantor ou banda de projeção mundial, tudo num só dia. Vancouver é uma cidade cuja energia nos contagia, onde nos sentimos em casa, onde queremos ficar. Para sempre.
Será em Vancouver que terminamos esta nossa aventura. Serão dois dias para explorar e disfrutar e assimilar todas as experiências desta nossa aventura no Canadá.

Ler mais

Aeroportos

Portugal > Vancouver
Vancouver > Portugal

Destinos

Parques nacionais das Montanhas Rochosas (Kootenay, Banff, Jasper e Yoho)
Glacier National Park
Vancouver Island
Cidades de Vancouver, Victoria, Nelson
Revelstoke, Fort Steele Heritage Town, Osoyoos
E.C. Manning Provincial Park

Fotografia

Natureza
Vida animal
Paisagem
Cidade

Alojamento

Hotel
- em quarto duplo
[quarto individual
pedir cotação]

Transporte

Privado
Público

Esforço

Fácil | Moderado

Nº Participantes

Min 6, Máx 12

Canadá | 2022

Programa da viagem

Voo Portugal > Vancouver

Chegada a Vancouver.
Passeio pela cidade (nos últimos dias haverá mais tempo).

Noite em hotel em Vancouver

Vancouver, BC > Osoyoos, BC
Saída matinal para o E.C.Manning Provincial Park, na Cordilheira das Cascades, que se estende até aqui, desde o Norte da Califórnia. Para aguçar o apetite para o que virá nos dias seguintes, percorreremos um trilho acessível deste parque. Terminamos o dia em Osoyoos, no Vale do Okanagan, limite Norte do Deserto de Sonora!

Noite em hotel em Osoyoos

Osoyoos, BC > Nelson, BC
Despertar em Osoyoos. Havendo possibilidade, Visita ao Osoyoos Desert Centre.
Ao fim do dia, exploração fotográfica por Nelson, considerada uma das mais belas cidades do interior de BC.

Noite em hotel em Nelson

Nelson, BC > Radium Hot Springs, BC
Saímos de Nelson, rumo a Fort Steele Heritage Town, uma vila preservada, da época da corrida ao ouro, junto a um oxbow (meandro cego) no Rio Kootenay.
A ser possível (ou seja, se ainda tivermos tempo), daremos um saltinho à aldeia-fantasma de Fisherville, no Wild Horse Historic Site, local onde a colonização desta área do canadá teve início.
À noite, poderemos banhar-nos nas piscinas termais em Radium Hot Springs (trata-se de uma atração histórica!)

Noite em hotel em Radium Hot Springs

Radium Hot Springs, BC > Banff, AB
Primeiro despertar nas Montanhas Rochosas Canadianas!
Neste dia, percorrermos a maravilhosa paisagem do Kootenay National Park até Banff.
Curta nota sobre o Kootenay National Park: é o menos visitado e o menos conhecido dos 4 parques nacionais das Montanhas Rochosas (essencialmente porque fica afastado das grandes artérias - Banff e Yoho, p.ex., são atravessados pela Highway 1).

O ponto alto do dia, será o trilho até ao magnífico Floe Lake. Este trilho é o que poderíamos chamar “o signature trail” do Kootenay National Park. 10 Km para cima e outros tantos para baixo, com 715m (D+), piso bom em terra.
À noite, poderemos relaxar nas famosas Banff Upper Hot Springs.

Noite em hotel em Banff

Dia dedicado ao Banff National Park.
Neste dia começaremos com o nascer do sol em Moraine Lake.
O único trilho digno de nota, neste dia, (no que a trilhos diz respeito) será o Johnston Canyon Trail (2,7 Km até às Upper Falls e outros tantos para regressar; 135m D+)
Os restantes spots fotográficos são facilmente acessíveis, a partir do estacionamento.

Noite em hotel em Field

Dia dedicado ao Yoho National Park, com partida e regresso a Field, pelo que aproveitaremos para visitar alguns spots fotográficos, ainda no Banff N.P.
Curta visita ao Yoho National Park Visitor Centre, em Field.
Poderemos fazer o Emerald Lake Trail (5,2 Km, muito fácil, ou um dos trilhos curtos que derivam deste lago).

Noite em hotel em Field

A caminho de Jasper. Percorremos a Icefields Parkway, com paragens por vários locais cénicos: Hector Lake, Peyto Lake; Mistaya Canyon; Tangle Falls; Athabasca Glacier/Columbia Icefield.

Noite em hotel em Jasper

Visita matinal ao Maligne Canyon e Maligne Lake.
Cruzeiro no Maligne Lake à Spirit Island, onde teremos oportunidade de fotografar, provavelmente, a imagem mais famosa das Montanhas Rochosas.
Durante o regresso a Field, pela Icefields Parkway, os spots fotográficos são facilmente acessíveis, a partir do estacionamento.

Noite em hotel em Field

Partida matinal para Revelstoke, com paragem no Rogers Pass Discovery Centre, no Glacier National Park. Este fantástico centro de interpretação dá-nos uma excelente ideia sobre a geografia, história e vida selvagem destes parque nacional.
O ponto alto do dia será a caminhada até o Great Glacier Trail, no Glacier National Park, de cujo topo poderemos ver o glaciar Vaux. O trilho tem 3,2 Km para cada lado, com 321m D+..
(mudança de fuso horário! +1h, a partir de Golden, BC).

Noite em Hotel em Revelstoke

Revelstoke, BC > Victoria, BC
Curta paragem em Craigellachie, local histórico onde foi cravada última cavilha da linha férrea Trans-Canada.
Ferry Vancouver Tsawwassen – Victoria Swartz Bay

Noite em hotel em Victoria

Victoria, BC > Ucluelet, BC
Dia dedicado a Victoria, capital da província de British Columbia.
Recomenda-se, vivamente, um passeio pela Inner Harbour e uma visita ao Royal Museum of British Columbia!
Ao fim do dia, partida para Long Beach, no Pacific Rim National Park, para fotografarmos o pôr-do-sol e dali para Ucluelet, onde passaremos a noite.

Noite em hotel em Ucluelet

Expedição para observação de baleias (nesta altura do ano, as mais comuns são as baleias-cinzentas, mas também poderão aparecer orcas e baleias de bossas. Passagem junto a colónias de leões-marinhos e lontras-marinhas e avistamentos de várias espécies de aves aquáticas)
Os que optarem por não participar na atividade de whale watching poderão explorar o Tonquin Trail, no Pacific Rim National Park (trail muito fácil, por passadiços de madeira).
Visita ao Kwisitis Visitor Centre, centro de interpretação do Pacific Rim National Park, em Long Beach.
Partida para Vancouver, ao fim da tarde.
Ferry Nanaimo Departure Bay – Vancouver Horseshoe Bay

Noite em hotel em Vancouver

Sugere-se um passeio por Vancouver (cidade); Stanley Park; English Bay; False Creek; Gastown; UBC Museum of Anthropology, Chinatown…

Noite em hotel em Vancouver

Voo de regresso a Portugal

Noite no avião

Chegada a Portugal

LIDER DA VIAGEM

Miguel Leal
O acompanhamento pelo fotógrafo/viajante que idealizou a experiência fotográfica para o grupo, organizou toda a logística em conjunto com o Fotoadrenalina e parceiros, mas sobretudo vai estar contigo todos os dias para te levar aos lugares mais incríveis deste destino.

Mais detalhes sobre a viagem

Transportes

INCLUÍDO:

Dos aeroportos > hotéis > aeroportos, quando realizado em conjunto com líder.
Transporte privado durante toda a expedição incluindo seguro, combustível e taxas, exceto nas cidades.
Ferry´s dos veículos.

NÃO INCLUÍDO:

Ferry Nanaimo Departure Bay > Vancouver Horseshoe Bay
Ferry Vancouver Tsawwassen – Victoria Swartz Bay
Ferry Nanaimo Departure Bay – Vancouver Horseshoe Bay
Deslocamo-nos da forma mais barata dentro das cidades, a pé.
Há sempre a opção de usar outro transporte, por conta de cada um.
Poderá gastar entre 45€ a 60€, aproximadamente.

Atividades

INCLUÍDO:

Entrada Parques Nacionais.
Cruzeiro ao Maligne Lake ( Spirit Island )
Trekkings realizados nos Parques Naturais.
Todos os percursos realizados com líder nas cidades e natureza.

NÃO INCLUÍDO:

Entrada em museus e monumentos.
Entrada nas piscinas.
Opcional - Whale Watching.
Poderá gastar entre 50€ a 150€, aproximadamente.

ALOJAMENTO

INCLUÍDO:

Todos as noites referidas no programa.

NÃO INCLUÍDO:

Não aplicável.

Alimentação

INCLUÍDO:

Todos os pequenos almoços.

NÃO INCLUÍDO:

Almoços e jantares.
Poderá gastar entre 10€ a 25€ aproximadamente, por refeição.

Canadá | 2022

Sobre o destino:

Moeda

Dólar Canadiano

MeteoROLOGIA

Entre 7º e 21º, as condições climatéricas poderão variar, bastante, ao longo da viagem.

PASSAPORTE

Obrigatório, com validade superior a 6 meses, a partir do último dia de viagem.

Visto

É necessário pré autorização de entrada no país.
Ao abrigo do programa de isenção de vistos (Visa-Exempt), será necessário efetuar o pedido de autorização eletrónico de viagem (ETA – ELETRONIC TRAVEL AUTHORIZATION).
Os cidadãos que não tenham nacionalidade Portuguesa devem verificar nas embaixadas do seu país.

Fuso HORÁRIO

Vancouver e costa do Pacífico: – 8 horas que Portugal Continental.
Montanhas Rochosas: – 7 horas que Portugal Continental.

Saúde

Não é necessária consulta de viajante.
Deve ter sempre as suas vacinas em dia.
O seguro de viagem é obrigatório (acionado através Fotoadrenalina).
Neste destino é necessário um seguro de saúde específico.
Informações sobre Codid-19 serão dadas mais perto da viagem.

Segurança

É um país seguro, no entanto aconselha-se os cuidados normais de segurança, sobretudo com o material fotográfico, documentação e dinheiro.

TelecomUNICAÇÕES

Canadá +1
Para Portugal +351

As 14 perguntas que devo ler antes de viajar

São para todos os que gostam de viajar. Apenas juntamos à viagem a oportunidade de fotografar.

Não, mas gostamos de juntar à viagem a oportunidade e o tempo para fotografar. Podes fotografar com um telefone ou com uma câmara reflex, mas queremos que registes o teu olhar para recordares e partilhares. É uma viagem com oportunidades fotográficas, onde podes também aprender, praticar e partilhar dúvidas, mas não é um workshop em viagem.

Partimos do princípio que sim, mas depende mais de ti do que de nós. Deves ter a capacidade de aceitar em viagem o imprevisto, o cansaço, as adversidades e relativizar os problemas que possam surgir. Deves sempre tratar bem os outros participantes e nunca falar mal deles. É importante gostares de conviver com pessoas, já que vais viver com elas 24 horas por dia. Deves ter sentido de humor, porque ajuda a tornar uma situação negativa em positiva.

Varia, os grupos são pequenos dentro das 6 a 12 pessoas. Como vais com um líder, temos de ter um mínimo de 6 pessoas.

No item da reserva, colocas o teu nome, mail e telefone e nós enviamos-te um formulário com todos os dados que precisamos para seguires viagem.

Podes comprar tu ou o Fotoadrenalina, através dos nossos parceiros (agência de viagens). Lembramos que há vantagens em comprar com os nossos parceiros, já que se houver algum problema antes ou durante a viagem, não tens de te preocupar, a agência de viagens trata de tudo. A agência de viagens cobra uma pequena taxa, mas compensa já que tens sempre o apoio e a segurança deles na gestão do voo.

Quando a viagem for confirmada pela equipa do Fotoadrenalina. Para isso, precisamos de um número mínimo de participantes, que são 6 pessoas. A partir da confirmação da viagem, enviamos um mail a todos os inscritos com a indicação dos horários dos voo do grupo e o preço do voo. Podes comprar por ti ou pelos nossos parceiros, mas têm de coincidir a hora de chegada ao destino e hora de partida do destino. Se não coincidir, as deslocações do aeroporto e o encontro com o grupo fica a cargo do participante.

Depende dos países e dos locais. Gostamos de dar “boa cama”, mas nem sempre há disponível a cama ideal. Pedimos sempre quartos com camas separadas e com quarto de banho no quarto, mas em locais mais remotos, por vezes as condições são diferentes e temos de ter a capacidade de aceitar que as condições não são iguais em todos os países do mundo. Se achas que queres mais privacidade e conforto quando vais dormir, podes pedir quarto individual, mas terás um custo extra associado (pede cotação ao Fotoadrenalina).

Após a inscrição e do formulário preenchido deves fazer o pagamento de 10% do valor total da viagem (excluindo os voos) Assim que a viagem seja confirmada pelo Fotoadrenalina, com o número mínimo, pedimos a todos os inscritos mais 15% do valor total e passamos a accionar os voos. Os restantes 75% do valor total é pedido 1 mês antes da data da viagem.

Sim, em todas as viagens é obrigatório fazer um seguro em viagem para o grupo. O seguro em viagem não paga tudo ou qualquer coisa (ver as condições da apólice). É preciso sempre o relatório do incidente e o comprovativo da despesa. O líder avisará a equipa do Fotoadrenalina em Portugal, que entrará em contacto com a seguradora para fazer todo o acompanhamento (não precisas de te preocupar). O seguro em viagem do Fotoadrenalina incluí situações de COVID-19, mas não de outra pandemia. Podes fazer para as datas da viagem, mas podes também fazer seguro de cancelamento da viagem, mesmo em situações de dares positivo ao Covid-19, antes da viagem. (Ver condições). Deve avisar o Fotoadrenalina se queres o seguro de cancelamento da viagem, para ser accionado ao mesmo tempo que o voo.

Até haver melhores notícias, todos os participantes têm de ter sempre máscaras e álcool gel durante toda a viagem. Nas caminhadas é opcional o uso de máscara, mas no quarto de hotel é obrigatório, exceto para dormir. Cada país e cada viagem têm condições diferentes de entrada, mas é enviada informação para cada viagem aos participantes após a inscrição. Há seguro de cancelamento de viagem e durante a viagem com condições específicas de covid-19.

Podes desistir até a viagem estar confirmada e serão devolvidos os 10% pagos. Quando a viagem está confirmada, vamos pedir mais 15% e vamos também accionar os voos. A partir daqui será mais difícil reaveres o teu dinheiro, visto os voos são não reembolsáveis e já temos acordos com os parceiros (alojamento, atividades, etc). Os 25% já pagos ao Fotoadrenalina, só devolvemos em voucher, com validade de 1 ano para gastares em qualquer viagem. Os restantes 75% da viagem só são pagos 1 mês antes da viagem, mas se desistires após essa data, serão cobrados todos os serviços de terceiros já pagos. O restante não cobrado pelos parceiros será devolvido em voucher para gastares no prazo de 1 ano.

Todos os valores pagos serão devolvidos se for o Fotoadrenalina a desistir da viagem. Se a viagem for cancelada por motivos externos ao Fotoadrenalina, por exemplo em caso de uma pandemia, guerras, greves ou pelas entidades oficiais dos países, tentaremos com os parceiros a devolução do dinheiro, mas se não for possível, emitimos um voucher nos valores não cobrados com validade de 1 ano. Aconselhamos a todos os participantes fazerem seguro de cancelamento de viagem (ver condições).

É melhor sempre enviar um mail para ficar registado e por escrito: info@fotoadrenalina.com Se for algo simples e/ou urgente podes enviar mensagem pelo WhatsApp ou ligar 916222009.

OUTROS DESTINOS que também vais gostar...

ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Picos da Europa | 2021

as paisagens da alta montanha

08 a 11 dezembro | 4 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Chipre – passagem de ano | 2021

A pérola escondida do Mediterrâneo

26 de Dezembro a 2 de Janeiro

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Jordânia – passagem de ano | 2021

a pérola do médio oriente

27 dezembro a 03 janeiro | 8 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Costa Rica | 2021

A biodiversidade num país

27 de Dezembro a 11 de Janeiro | 16 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Indonésia | 2022

entre a terra e o paraíso

15 a 30 de Janeiro | 16 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

São Tomé | 2022

Na rota do leve-leve*

15 a 23 de Janeiro | 9 dias | São Tomé
22 a 29 de Janeiro | 8dias | Ilha do Príncipe

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Egito | 2022

na terra dos Faraós

25 de Fevereiro a 6 de Março | 10 dias
6 a 10 de Março | 5 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Sri Lanka | 2022

À descoberta da Taprobana

5 a 19 de Fevereiro | 15 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Malásia e Singapura | 2022

das grandes metrópoles à exuberante natureza

6 a 21 de Fevereiro | 16 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Patagónia, Terra do Fogo | 2022

Do Chile à Argentina

26 de Fevereiro a 13 de Março | 16 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Lapónia e Ilhas Lofoten | 2022

viagem ao circulo polar ártico

26 de Fevereiro a 6 de Março | 9 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Marrocos | 2022

do norte ao deserto

13 a 24 Março | 12 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Namíbia e Botswana | 2022

a grande aventura africana em 4X4

19 de Março a 3 de Abril | 16 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Toscânia | 2022

Toscânia Poética

09 a 16 de Abril | 8 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Açores – 5 ilhas | 2022

As 5 ilhas: Faial, Pico, São Jorge + Flores e Corvo

3 ilhas - 18 a 25 de Junho | 8 dias
2 ilhas - 25 a 29 de Junho | 5 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Jordânia | 2022

a pérola do médio oriente

8 a 15 de Abril | 8 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Japão | 2022

Ao encontro do Sol Nascente

2 a 17 de Abril | 16 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Irão – do Curdistão ao Golfo Pérsico | 2022

Do Curdistão ao Golfo Pérsico

9 a 24 de Abril | 16 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Nova Iorque e Cuba | 2022

De NY a Cuba com Michelle Cascais

21 a 30 de Abril | 10 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Coreia do Sul | 2022

Uma viagem ao Reino Emérita

1 a 15 Maio | 15 dias

ESGOTADO!

Ao submeter o seu email irá receber comunicações promocionais do Fotoadrenalina via email. Pode cancelar quando quiser.

PARCEIRO OFICIAL

RESERVA DE VIAGEM

Canadá | 2022

Valor para reservar: (10% do valor total) 219,00€
Valor total: 2.190,00€

RESERVA AGORA, PAGA SÓ QUANDO FORES VIAJAR.

O Fotoadrenalina anulou qualquer pagamento de quem se inscreve numa viagem.

O pedido dos  valores da viagem só será feito quando tivermos a confirmação, por parte das entidades oficiais, que a viagem se vai realizar .

RESERVAS SEM STRESS e SEM CUSTOS!

 

 

×