Irão – do Curdistão ao Golfo Pérsico | 2021

Spots Fotográficos

Aldeias tradicionais curdas | Kermanshah e Bisotun | aldeia troglodita de Meymand | O deserto do Kaluts e o Vale-Oásis de Kershit | Bandar Abbas e o Golfo Pérsico

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!
Esta viagem ao Irão, que nos leva do Curdistão ao Golfo Pérsico, vai desmistificar alguns dos preconceitos associados a este país maravilhoso, enquanto exploramos as regiões mais ricas. Depois de mais de uma dezena de viagens ao Irão nos últimos cinco anos, criamos uma viagem diferente ao Irão onde valorizamos os aspetos: étnicos, geográficos ou mesmo gastronómicos. Convidamos alguns amigos Iranianos que têm dedicado parte da sua vida a explorar ou a criar algo nas respetivas regiões que vamos visitar, e serão eles a acompanhar-nos e a contribuir com a sua experiência, conhecimento e paixão pelos mesmos lugares. Será uma viagem adequada a quem já esteve no Irão e gostaria de conhecer outras regiões geográficas ou aqueles que vão pela primeira vez e pretendem ter uma experiência autêntica e diferenciada do que existe.

À chegada a Teerão, a capital do Irão, pernoitamos num dos bairros mais tradicionais da capital, numa casa restaurada por um casal amigo do líder que é hoje monumento nacional de elevada importância, tendo recebido vários prémios pela forma como foi recuperado. Na manhã seguinte aproveitamos para explorar esse mesmo bairro com os nossos amigos antes de partimos para Sanandaj, a capital do Curdistão Iraniano.

Vamos entrar numa das zonas geográficas mais incompreendidas e ainda vistas com suspeição por muitos iranianos, sendo ao mesmo tempo uma das mais surpreendentes e de uma hospitalidade acima do normal (mesmo para os padrões Iranianos!). Por consequência da sua localização geográfica, durante centenas de anos as aldeias curdas foram arrasadas por inimigos que vinham da Ásia central a caminho do Médio Oriente, o que fez com que muitos curdos iranianos mudassem o seu estilo de vida para o nomadismo. Aqueles que se fixaram, escolheram vales e cadeias montanhosas isoladas o suficiente para se sentirem protegidos.

Durante três dias é por entre estas aldeias que vamos conhecer o fantástico e exótico Curdistão Iraniano. Vamos ter novamente outro amigo do líder a acompanhar-nos. Um jovem curdo que fala ambos os dialetos locais Hurami e Sorani, conhece as aldeias, e as suas gentes, como a palma da mão e será o nosso ponto de contacto com as comunidades locais. A dormida será em pequenos alojamentos de ecoturismo.

Kermanshah e Bisotun
De forma a partir a viagem até Esfahan, aproveitamos para pernoitar em Kermanshah e assim visitar Bisotun, que remonta ao império Aqueménida, Património Mundial da Unesco. Com 2500 anos, Bisotun, além dos seus relevos espetaculares cravados na rocha, é para a escrita cuneiforme o que a pedra de Roseta é para os hieróglifos, o documento que possibilitou decifrar o Persa antigo. O texto é uma declaração de Dario I quando ascendeu ao trono, em 3 línguas, Elamita, Acádio e o Persa antigo. A posição privilegiada na natureza eleva a espetacularidade, e importância, deste local.

Esfahan
É a epitome de um cenário imaginário das mil e uma noites. Teremos dois dias nesta maravilhosa cidade.
Com tempo suficiente para desfrutar da praça Naqsh-e Jahan em todo o seu esplendor e em alturas diferentes do dia. Visitamos as mesquitas Masjed-e Shah, Masjed-e Sheikh Lotfollah, perdição de qualquer fotógrafo e o palácio Kakh-e Ali Qapu. Passeamos entre pontes junto ao rio Zayandeh pela grandiosa ponte dos 33 arcos onde uma casa de chá nos convidará a disfrutar do momento.
A noite convida-nos a juntar-nos às dezenas de famílias iranianas que se deslocam para a praça para um picnic! E se ainda restar algum espaço, espera-nos satisfazer a gulosice com uma sobremesa típica Fereni Hafez, a tentação de qualquer iraniano.

• Para quem já tenha estado em Esfahan o líder terá o cuidado de ver individualmente as opções restantes para quem pretenda um programa alternativo ou ter algum tempo livre.

Zein-o-din
A caminho de Meymand fazemos uma pausa para visitar este fabuloso Caravanserai (estalagem), que foi construído por ordem do Shah Abbas há cerca de 400 anos. Fica localizado a 2 dias de camelo de Yazd e pertencia a uma rede de “estalagens” de forma a expandir as rotas comerciais. Existiam 999 em toda a Pérsia e este é talvez o mais bem preservado atualmente.

A aldeia Troglodita de Meymand
Meymand é uma aldeia troglodita com bastante vida e é um espaço continuadamente habitado por milénios – as estimativas andam em redor dos 3000 anos – embora haja nas redondezas petróglifos e pinturas rupestres com cerca de 10.000 anos. Foi considerada Património Mundial pela Unesco, testemunho da autenticidade e riqueza do local.

Dois amigos do nosso líder mudaram de vida há cerca de 5 anos. Trocaram Teerão por esta pequena aldeia, recuperaram as grutas trogloditas que pertenciam à família e transformaram-nas num projeto sustentável de grande simbiose com a população local. Durante 2 dias vamos explorar as redondezas com ambos, visitando várias comunidades locais, o seu modo de vida e a natureza circundante, que vai revelar inúmeras surpresas. A gastronomia local será outro highlight!

Kerman e o deserto do Kaluts
Esta cidade tem um dos bazares mais memoráveis e atmosféricos do Irão. Vamos passear calmamente e assistir à fusão entre persas e baluchis – a etnia prevalente a Este desta zona do Irão, enquanto degustamos uma refeição tradicional num espaço local de eleição. Deslocamo-nos até aqui para seguirmos para o deserto de Lut. A erosão esculpiu desfiladeiros, escarpas e mesas de forma dramática, a lembrar um pouco Monumental Valley. Com a fama de ser o lugar mais quente do planeta (razão pela qual só fazemos esta viagem entre o Inverno e a primavera!) e de ter ainda dunas que rivalizam com as da península arábica, este deserto é para nós de uma beleza única. Ficaremos alojados numa casa tradicional de uma família local que nos vai mostrar alguns dos seus sítios favoritos, bem como de comida caseira. Devido à luminosidade muito baixa poderemos ainda assistir a céus estrelados inesquecíveis. No dia seguinte vamos até alguns oásis em vales esquecidos pelo tempo e aldeias “fantasma” de adobe, enquanto aguardamos mais uma vez pelo pôr-do-sol.

Bandar Abbas
Neste dia deslocamo-nos para sul até ao Golfo Pérsico. Vão sentir toda uma ‘vibe’ completamente distinta e única do resto do Irão. Uma atmosfera de certa forma mais relaxada, mulheres em grupo a fumar shisha, mercados de peixe, um vestuário mais solto e a brisa do mar. Chegamos a Bandar (porto) Abbas, onde os navegadores portugueses chegaram há pouco mais de 500 anos.

A ilha de Hormuz, o mercado de Minab e o Golfo pérsico
De manhã seguimos para o mercado tradicional e étnico próximo da antiga cidade de Minab, o Panjshanbe bazar. Este mercado acontece apenas uma vez por semana à quinta-feira e por essa razão vamos aproveitar dado ser único no Irão. Pela sua localização atrai pessoas de origens muito dispares como árabes do golfo pérsico, Baluchis ou Bashagardis. Vão também reparar que sendo um meio mais tradicional e fechado muitas mulheres além do chador preto usam uma máscara chamada “Burkeh”, bastante colorida e apenas usada nesta região do Irão.

No regresso a Bandar Abbas, vamos apanhar um barco para a ilha de Hormuz e testemunhar parte da história dos nossos antepassados no golfo Pérsico. A ilha foi conquistada em 1507 por Afonso de Albuquerque de forma a expandir o império Português na Ásia. Foi construído um forte – o qual ainda existe, sendo a construção portuguesa mais bem preservada no Irão atualmente (existem várias). Este domínio manteve-se durante cerca de um século.

Mas esta não é a única razão da nossa visita, a ilha de Hormuz tem sido o destino de eleição para alguns artistas iranianos, desde fotógrafos a artistas plásticos pela sua beleza natural e pouco desenvolvimento da ilha. Existe apenas uma estrada e não há carros, apenas alguns tuk-tuks que nos irão ajudar a explorar toda a beleza geológica da ilha, bem como as suas escarpas dramáticas junto ao mar. Como descrevia um artista residente “a ilha de Hormuz é o sonho de qualquer geólogo”. São dezenas as cores que encontramos nalguns dos vales da ilha, como vermelhos, amarelos, azuis e violetas, formações rochosas e paisagens lunares que nos transportam para outro mundo, especialmente com a luz do final de tarde. E com jeitinho, ainda conseguimos dar um mergulho.

Regresso a Teerão.
Temos ainda o último dia em Teerão antes da grande despedida. Iremos inicialmente até ao norte da cidade para explorar o mercado de Tajrish, o Museu do cinema e passear pela maior avenida do país. Exploramos alguns dos cafés e recantos mais ‘trendy’ da cidade de forma a terem uma proximidade maior com a comunidade jovem mais cosmopolita. Deixamos o final do dia com uma surpresa por parte do líder e claro, alguns amigos iranianos.

Ler mais

Aeroportos

Portugal > Teerão
Bandar Abbas > Teerão
Teerão > Portugal

Destinos

Teerão
Sanandaj
Curdistão iraniano
Kermanshah
Estahan
Meymand
Kalusts
Bandar Abbas
Ilha Hormuz

Fotografia

Paisagem
Rua

Alojamento

Hotel
Guesthouse
Casas de Ecoturismo
Casas de turismo habitação

Transporte

Privado
Público

Esforço

Fácil

Nº Participantes

Min 6, Máx 12

Irão – do Curdistão ao Golfo Pérsico | 2021

Programa da viagem

Voo Portugal – Teerão

Pernoitamos num dos bairros mais tradicionais e fotogénicos da capital, numa casa restaurada por um casal amigo do líder que é hoje monumento nacional tendo recebido vários prémios pela forma como foi recuperado.

Noite em casa de turismo de habitação no Teerão

Começamos a experiência neste bairro muito distinto de Teerão onde exploramos toda a zona envolvente.
Viagem a meio da tarde para Sanandaj, a capital do Curdistão Iraniano.

Noite em hotel em Sanandaj

Vamos dedicar dois dias entre aldeias no fantástico e exótico Curdistão Iraniano. Vamos ter novamente outro amigo do líder a acompanhar-nos. Um jovem curdo que fala ambos os dialetos locais conhecedor da região, será o nosso ponto de contacto com as comunidades locais.

Noite em ecoturismo de habitação local

Estes dias no Curdistão Iraniano serão compostos por deslocações de transporte privado e curtas caminhadas entre aldeias.

Noite em ecoturismo de habitação local

Viagem das aldeias até Kermanshah.
De forma a partir a viagem até Esfahan, aproveitamos para pernoitar em Kermanshah e assim visitar o incrível monumento de Bisotun, que remonta ao império Aqueménida, Património Mundial da Unesco.

Noite em hotel tradicional em Kermanshah

Kermanshah
Visita a Bisotun, que remonta ao império Aqueménida, Património Mundial da Unesco.
Viagem de Kermanshah para Esfahan em transporte privado.

Noite em hotel em Esfahan

Esfahan
Com tempo suficiente para desfrutar da praça Naqsh-e Jahan em todo o seu esplendor, e em alturas diferentes do dia. Visitamos as mesquitas Masjed-e Shah, Masjed-e Sheikh Lotfollah, perdição de qualquer fotógrafo e o palácio Kakh-e Ali Qapu bem como o inevitável bazar envolvente.

*Para quem já tenha estado em Esfahan o líder terá o cuidado de ver individualmente as opções restantes para quem pretenda um programa alternativo ou ter algum tempo livre.

Noite em hotel em Esfahan

Comboio de Esfahan para Meymand.
Meymand é uma aldeia troglodita com bastante vida e é um espaço continuadamente habitado por milénios - as estimativas andam em redor dos 3000 anos – embora haja nas redondezas petróglifos e pinturas rupestres com cerca de 10.000 anos.

Noite em turismo rural em Meymand

Dia passado na aldeia.
Dois amigos do nosso líder mudaram de vida há cerca de 5 anos. Trocaram Teerão por esta pequena aldeia, recuperaram as grutas trogloditas que pertenciam à família e transformaram-nas num projeto sustentável de grande simbiose com a população local. Vamos explorar as redondezas com ambos, visitando várias comunidades locais, o seu modo de vida e a natureza circundante, que vai revelar inúmeras surpresas.

Noite em turismo rural em Meymand

Deslocação de Meymand para Kerman.
Viagem de Meymand para o Kaluts em transporte privado. Paragem na cidade histórica de Kerman.
Deslocamo-nos até ao deserto de Lut. A erosão esculpiu desfiladeiros, escarpas e mesas de forma dramática, a lembrar um pouco Monumental Valley. Com a fama de ser o lugar mais quente do planeta (razão pela qual só fazemos esta viagem entre o Inverno e a primavera!) e de ter ainda dunas que rivalizam com as da península arábica, este deserto é para nós de uma beleza única.

Noite em casa em turismo rural em Kaluts

Dia passado no deserto.
Seguimos até alguns oásis em vales esquecidos pelo tempo e aldeias “fantasma” de adobe, enquanto aguardamos mais uma vez pelo pôr-do-sol.

Noite casa em turismo rural em Kaluts

Transporte de Kaluts para Bandar Abbas.
Neste dia deslocamo-nos para sul até ao Golfo Pérsico. Chegamos a Bandar (porto) Abbas, onde os navegadores portugueses chegaram há pouco mais de 500 anos.
*Transporte condicionado aos horários disponíveis, poderá ser em transporte privado ou um voo interno.

Noite em hotel em Bandar Abbas

Bandar Abbas e Minab.
De manhã seguimos para o mercado tradicional e étnico próximo da antiga cidade de Minab, o Panjshanbe bazar. No regresso a Bandar Abbas, vamos apanhar um barco para a ilha de Hormuz e testemunhar parte da história dos nossos antepassados portugueses no golfo Pérsico.

Noite em hotel em Bandar Abbas ou dependendo dos horários na ilha de Hormuz.

Visita ao forte português – erguido por Afonso de Albuquerque em 1507. Trata-se da construção portuguesa mais bem preservada no Irão atualmente (existem várias nesta zona). Exploramos toda a ilha de Hormuz, comunidade piscatória e a sua incrível beleza geológica.
Dia passado em Hormuz.
Regresso por barco a Bandar Abbas.

Noite em hotel em Bandar Abbas

Voo interno de Bandar Abbas > Teerão

Temos ainda o último dia em Teerão antes da grande despedida. Iremos inicialmente até ao norte da cidade para explorar o mercado de Tajrish, o Museu do cinema e passear pela maior avenida do país. Exploramos alguns dos cafés e recantos mais ‘trendy’ da cidade de forma a terem uma proximidade maior com a comunidade jovem mais cosmopolita. Deixamos o final do dia com uma surpresa por parte do líder e claro, alguns amigos iranianos.

Dependendo da hora dos voos regresso a Portugal nessa noite ou na manhã seguinte.

Chegada a Portugal

LIDER DA VIAGEM

Pedro Padinha
O acompanhamento pelo fotógrafo/viajante que idealizou a experiência fotográfica para o grupo, organizou toda a logística em conjunto com o Fotoadrenalina e parceiros, mas sobretudo vai estar contigo todos os dias para te levar aos lugares mais incríveis deste destino.

Mais detalhes sobre a viagem

Transportes

INCLUÍDO:

Dos aeroportos > hotéis > aeroportos, quando realizado em conjunto com líder.
Entre pontos de dormida.
Transporte privado com guia durante dez dias de expedição.
Comboio de Esfahan para Meymand

NÃO INCLUÍDO:

Barco para a ilha de Hormuz.
Deslocamo-nos da forma mais barata dentro das cidades, a pé.
Há sempre a opção de usar outro transporte, por conta de cada um.
Poderá gastar entre 5€ a 15€, aproximadamente.

Atividades

INCLUÍDO:

Todos os percursos realizados com líder e guias, excluindo as que mencionamos como - não incluídas.

NÃO INCLUÍDO:

Todas as visitas discriminadas pelos dias, excluindo as que mencionamos como - incluídas.
Poderá gastar entre 10€ a 20€, aproximadamente.

Alimentação

INCLUÍDO:

Todos os pequenos almoços.

NÃO INCLUÍDO:

Toda a alimentação não mencionada em - alimentação incluída.
Poderá gastar entre 5€ a 10€ aproximadamente, por refeição.

Irão – do Curdistão ao Golfo Pérsico | 2021

Sobre o destino:

Moeda

Rial Iraniano

MeteoROLOGIA

Entre 13º e 32º

PASSAPORTE

As pessoas acolhem bem os turistas.

Visto

É necessário e deve ser pedido eletronicamente e na embaixada do Irão em Portugal.

Fuso HORÁRIO

+ 3,1/2 horas que Portugal Continental.

Saúde

Não é necessária consulta de viajante.
Deve ter sempre as suas vacinas em dia.
O seguro de viagem é obrigatório (realizado pelo Fotoadrenalina).
Neste destino é necessário um seguro de saúde específico.
Informações sobre Codid-19 serão dadas mais perto da viagem.

Segurança

É um país seguro, no entanto aconselha-se os cuidados normais de segurança, sobretudo com o material fotográfico, documentação e dinheiro.

TelecomUNICAÇÕES

Irão +98
Para Portugal +351

As 14 perguntas que devo ler antes de viajar

São para todos os que gostam de viajar. Apenas juntamos à viagem a oportunidade de fotografar.

Não, mas gostamos de juntar à viagem a oportunidade e o tempo para fotografar. Podes fotografar com um telefone ou com uma câmara reflex, mas queremos que registes o teu olhar para recordares e partilhares. É uma viagem com oportunidades fotográficas, onde podes também aprender, praticar e partilhar dúvidas, mas não é um workshop em viagem.

Partimos do princípio que sim, mas depende mais de ti do que de nós. Deves ter a capacidade de aceitar em viagem o imprevisto, o cansaço, as adversidades e relativizar os problemas que possam surgir. Deves sempre tratar bem os outros participantes e nunca falar mal deles. É importante gostares de conviver com pessoas, já que vais viver com elas 24 horas por dia. Deves ter sentido de humor, porque ajuda a tornar uma situação negativa em positiva.

Varia, os grupos são pequenos dentro das 6 a 12 pessoas. Como vais com um líder, temos de ter um mínimo de 6 pessoas.

No item da reserva, colocas o teu nome, mail e telefone e nós enviamos-te um formulário com todos os dados que precisamos para seguires viagem.

Podes comprar tu ou o Fotoadrenalina, através dos nossos parceiros (agência de viagens). Lembramos que há vantagens em comprar com os nossos parceiros, já que se houver algum problema antes ou durante a viagem, não tens de te preocupar, a agência de viagens trata de tudo. A agência de viagens cobra uma pequena taxa, mas compensa já que tens sempre o apoio e a segurança deles na gestão do voo.

Quando a viagem for confirmada pela equipa do Fotoadrenalina. Para isso, precisamos de um número mínimo de participantes, que são 6 pessoas. A partir da confirmação da viagem, enviamos um mail a todos os inscritos com a indicação dos horários dos voo do grupo e o preço do voo. Podes comprar por ti ou pelos nossos parceiros, mas têm de coincidir a hora de chegada ao destino e hora de partida do destino. Se não coincidir, as deslocações do aeroporto e o encontro com o grupo fica a cargo do participante.

Depende dos países e dos locais. Gostamos de dar “boa cama”, mas nem sempre há disponível a cama ideal. Pedimos sempre quartos com camas separadas e com quarto de banho no quarto, mas em locais mais remotos, por vezes as condições são diferentes e temos de ter a capacidade de aceitar que as condições não são iguais em todos os países do mundo. Se achas que queres mais privacidade e conforto quando vais dormir, podes pedir quarto individual, mas terás um custo extra associado (pede cotação ao Fotoadrenalina).

Após a inscrição e do formulário preenchido deves fazer o pagamento de 10% do valor total da viagem (excluindo os voos) Assim que a viagem seja confirmada pelo Fotoadrenalina, com o número mínimo, pedimos a todos os inscritos mais 15% do valor total e passamos a accionar os voos. Os restantes 75% do valor total é pedido 1 mês antes da data da viagem.

Sim, em todas as viagens é obrigatório fazer um seguro em viagem para o grupo. O seguro em viagem não paga tudo ou qualquer coisa (ver as condições da apólice). É preciso sempre o relatório do incidente e o comprovativo da despesa. O líder avisará a equipa do Fotoadrenalina em Portugal, que entrará em contacto com a seguradora para fazer todo o acompanhamento (não precisas de te preocupar). O seguro em viagem do Fotoadrenalina incluí situações de COVID-19, mas não de outra pandemia. Podes fazer para as datas da viagem, mas podes também fazer seguro de cancelamento da viagem, mesmo em situações de dares positivo ao Covid-19, antes da viagem. (Ver condições). Deve avisar o Fotoadrenalina se queres o seguro de cancelamento da viagem, para ser accionado ao mesmo tempo que o voo.

Até haver melhores notícias, todos os participantes têm de ter sempre máscaras e álcool gel durante toda a viagem. Nas caminhadas é opcional o uso de máscara, mas no quarto de hotel é obrigatório, exceto para dormir. Cada país e cada viagem têm condições diferentes de entrada, mas é enviada informação para cada viagem aos participantes após a inscrição. Há seguro de cancelamento de viagem e durante a viagem com condições específicas de covid-19.

Podes desistir até a viagem estar confirmada e serão devolvidos os 10% pagos. Quando a viagem está confirmada, vamos pedir mais 15% e vamos também accionar os voos. A partir daqui será mais difícil reaveres o teu dinheiro, visto os voos são não reembolsáveis e já temos acordos com os parceiros (alojamento, atividades, etc). Os 25% já pagos ao Fotoadrenalina, só devolvemos em voucher, com validade de 1 ano para gastares em qualquer viagem. Os restantes 75% da viagem só são pagos 1 mês antes da viagem, mas se desistires após essa data, serão cobrados todos os serviços de terceiros já pagos. O restante não cobrado pelos parceiros será devolvido em voucher para gastares no prazo de 1 ano.

Todos os valores pagos serão devolvidos se for o Fotoadrenalina a desistir da viagem. Se a viagem for cancelada por motivos externos ao Fotoadrenalina, por exemplo em caso de uma pandemia, guerras, greves ou pelas entidades oficiais dos países, tentaremos com os parceiros a devolução do dinheiro, mas se não for possível, emitimos um voucher nos valores não cobrados com validade de 1 ano. Aconselhamos a todos os participantes fazerem seguro de cancelamento de viagem (ver condições).

É melhor sempre enviar um mail para ficar registado e por escrito: info@fotoadrenalina.com Se for algo simples e/ou urgente podes enviar mensagem pelo WhatsApp ou ligar 916222009.

OUTROS DESTINOS que também vais gostar...

ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Lapónia e Ilhas Lofoten | 2021

viagem ao circulo polar ártico

13 a 21 fevereiro | 9 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Egito | 2021

na terra dos Faraós

12 a 21 fevereiro | 10 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Marraquexe, Casablanca e Essauouira | 2021

as três cidades mágicas de Marrocos

31 março a 04 abril | 5 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Marrocos | 2021

do norte ao deserto

13 a 24 Março | 12 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Jordânia | 2021

a pérola do médio oriente

27 março a 08 de abril | 8 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Sri Lanka | 2021

À descoberta da Taprobana

21 março a 04 abril | 15 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Geórgia | 2021

Tesouros do Cáucaso

30 março a 05 abril | 7 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Açores | 2021

À conquista das Ilhas do Triângulo

28 março a 04 abril | 8 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

São Tomé | 2021

Na rota das roças

17 a 25 Abril | 9 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Caminito del Rey e Ronda | 2021

o maior desfiladeiro da europa

01 a 04 abril | 4 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Namíbia e Botswana | 2021

a grande aventura africana em 4X4

24 Abril a 9 Maio | 16 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Costa Rica | 2021

A Biodiversidade num país

1 a 16 Maio | 16 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Rota do Danúbio| 2021

As margens do Danúbio em bicicleta

15 a 23 maio | 9 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Escócia | 2021

as terras altas do noroeste

15 a 23 maio | 9 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Polónia | 2021

das cidades ao Tatra

01 a 09 maio | 9 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Nova Zelândia | 2021

the Lord of Beauty

03 a 22 junho | 20 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Grécia e Ilhas Gregas | 2021

navegar de ilha em ilha até à acrópole e Meteora

02 a 13 junho | 12 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

São Tomé | 2021

Na rota das roças

19 a 27 de junho | 9 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Malásia e Singapura | 2021

das grandes metrópoles à exuberante natureza

10 a 18 julho | 16 dias

ESGOTADO!
ÚLTIMOS LUGARES!
NOVIDADE!

Malta | 2021

o tesouro insular da europa

10 a 14 junho | 5 dias

ESGOTADO!

Ao submeter o seu email irá receber comunicações promocionais do Fotoadrenalina via email. Pode cancelar quando quiser.

PARCEIRO OFICIAL

RESERVA DE VIAGEM

Irão – do Curdistão ao Golfo Pérsico | 2021

Valor para reservar: (10% do valor total) 139,50€
Valor total: 1.395,00€

RESERVA AGORA, PAGA SÓ QUANDO FORES VIAJAR.

O Fotoadrenalina anulou qualquer pagamento de quem se inscreve numa viagem.

O pedido dos  valores da viagem só será feito quando tivermos a confirmação, por parte das entidades oficiais, que a viagem se vai realizar .

RESERVAS SEM STRESS e SEM CUSTOS!

 

 

×