Nepal | 2023

A magia do Lower Mustang

Spots Fotográficos

Kathmandu | os trekkings pelo Lower Mustang e Circuito dos Annapurnas | o nascer do dia em Poon Hill

Adicionar favoritos Remover dos favoritos
Entre a região árida do Planalto Tibetano e o norte do Santuário dos Annapurnas, esconde-se a remota zona de Mustang. É este lugar, com uma impressionante diversidade étnica, que vamos desbravar, o mítico Lower Mustang. Vamos caminhar durante alguns dias no desfiladeiro mais profundo do mundo, espreitando em cada esquina algumas das montanhas mais altas do mundo. No mágico Vale de Kali Gandaki a paisagem é variada, à medida que vamos avançando vale adentro vamos deixando para trás uma floresta sub-tropical e entrando numa zona árida, que se assemelha ao planalto tibetano. Um vale cheio de história e cultura, com vilas pitorescas desenhadas em cada recanto é também um lugar onde a religião tem o seu peso. Marcas do budismo tibetano e do hinduísmo estão por todo o lado, sendo a presença de mosteiros e templos uma constante durante todo o nosso périplo.Vamos ainda perder-nos nos encantos dos mosteiros, templos e estupas do místico vale de Kathmandu. Vamos calcorrear os mercados, praças e ruelas desta cidade, cheios de história.

Aeroportos

Portugal > Kathmandu
Kathmandu > Pokhara
Jomsom > Pokhara
Kathmandu > Portugal

Destinos

Kathmandu
Pokhara
Jomsom
Lower Mustang
Bhaktapur
Lago Phewa

Fotografia

Paisagem
Natureza
Retrato
Rua

Alojamento

Hotel
Tea Houses
- em quarto duplo

Transporte

Transporte público e privado

Esforço

Moderado

Nº Participantes

Min 6, Máx 12

Nepal | 2023

Programa da viagem

Voo Portugal - Kathmandu.
Noite no avião.

Chegada a Kathmandu.
Reunião de boas-vindas ao coração dos Himalayas.
Passeamos e jantamos em Thamel, o charmoso bairro turistico de Kathmandu.

Noite em Hotel em Thamel.

Dia passado em Kathmandu.
Vamos explorar as místicas ruas de Kathmandu, visitando estupas e templos até Durbar Square, a praça real mais famosa do Nepal. Iremos ainda visitar o mercado de Ason, o mercado mais antigo e local de Kathmandu.

Noite em hotel em Hotel em Thamel.

Neste dia, ainda durante a manhã, voamos para Pokhara.
Pokhara é a segunda maior cidade do Nepal. Com um ambiente calmo, esta cidade é o ponto de partida não só para um dos mais frequentados trekkings no Nepal, o Circuito dos Annapurnas, como para o nosso trekking, o Lower Mustang.
Vamos aproveitar o dia para descansar e prepararmos o nosso trekking e para relaxar nas margens do Lago Phewa.

Noite em hotel em Pokhara.


Hoje damos início ao nosso trekking. Um autocarro vai levar-nos até ao ponto de partida, Nayapul, durante 1h. Aí damos início ao nosso périplo e caminhamos, ao longo do Rio Bharungdi Kola, até Tikhedhunga (1552m), atravessando algumas aldeias pitorescas.

Noite em Tea House em Tikhedhunga.

Percurso: 9Kms +- 4,5h
Dificuldade: Fácil

Temos pela frente o dia mais exigente, mas também um dos mais bonitos que nos vai levar até à aldeia de Ghorepani, uma das aldeias mais populares na região dos Annapurna que nos oferece uma vista esplendida sobre parte da cadeia dos Himalayas. A subida é feita a um ritmo tranquilo para podermos assimilar a beleza das paisagens. De realçar a vista incrível que se tem sobre a montanha de Machhapuchre e Dhaulagiri, esta que é a sétima montanha mais alta do mundo.

Noite em Tea House em Ghorepani.

Percurso: 10Kms +- 7h
Dificuldade: Moderado / Difícil

Aqui teremos oportunidade, para os que quiserem, de subir ao Poon Hill (3210m), para assistir ao nascer do sol. É incrível o panorama que esta montanha nos oferece e ver o sol nascer sobre alguns dos cumes mais altos do mundo é uma experiência que poucos esquecerão. Quem quiser dormir mais um pouco mais junta-se ao grupo apenas para o pequeno almoço e em seguida saímos todos juntos em direcção a Tatopani, onde seremos brindados à chegada com as famosas Hot Springs para relaxar.

Noite em Tea House em Tatopani.

Percurso: Poon Hill: 1,5kms +- 1,4h
Ghorepani - Tatopani: 15kms +- 5h
Dificuldade: Fácil

Entramos do Vale Kali Gandaki, um rio que percorre toda a região do Mustang. Este rio já foi, noutros tempos, uma importante rota comercial entre o Tibete e a Índia. Percorreremos, a partir daqui este vale ventoso de onde se avistam glaciares e cumes de uma beleza ímpar. O caminho para Ghasa atravessa aldeias budistas de um charme inigualável. Aqui estamos já no coração de Mustang e teremos oportunidade de familiarizar com um grupo étnico característico desta região, os Thakali.

Noite em Tea House em Ghasa.

Percurso: 14Kms +- 6h
Dificuldade: Moderado

Continuamos o nosso périplo em direcção a Marpha. Com casas feitas de pedra, esta aldeia é conhecida pelas suas plantações de maçãs e vegetais. Não podemos deixar de comer a famosa apple pie local nem de subir ao mosteiro que nos dá uma vista incrível sobre a aldeia.
Noite em Tea House em Marpha.

Percurso: 22Kms +- 7h
Dificuldade: Moderado

De Marpha seguimos caminho para Jomsom, a capital da região de Mustang, a 2850m de altitude, onde iremos almoçar. Seguimos então para aquela que é oficialmente a entrada na mágica e misteriosa região do Upper Mustang, a vila de Kagbeni, confluência de dois rios, o Kali Gandaki e o Jhong Khola. Kagbeni é conhecida como uma das mais antigas aldeias dos Himalayas, com paisagens que nos levam a crer que estamos no planalto tibetano.

Noite em Tea House em Kagbeni.

Percurso: 16Kms +- 6h
Dificuldade: Fácil

É neste dia que atingimos o ponto mais alto deste trekking. Foi para isto que caminhamos ao longo dos ultimos dias. A beleza natural das paisagens faz-nos esquecer, por momentos, a dureza desta subida. Chegámos a Muktinath, a 3710m de altitude, um lugar de culto para os Budistas e também para os Hindus. Para os mais ousados existem 108 bicas de água no templo, reza a história que lava os pecados.

Noite em Tea House em Muktinath.

Percurso: 11Kms +- 5h
Dificuldade: Moderado / Difícil

Hoje começamos a regressar. Iremos descer de Muktinah até Jomsom, percorrendo a chamada antiga Rota do Sal, onde iremos festejar o final do nosso trekking.

Noite em Tea House em Jomsom.

Percurso: 18Kms +- 6h
Dificuldade: Fácil

Depois de tomar o pequeno-almoço apanhamos um avião até Pokhara. Sao 30 minutos onde poderemos contemplar todo o vale que atravessámos a pé e as montanhas envolventes.
O resto do dia será passado a relaxar numa esplanada ou a deambular pelas ruas da cidade Ao fim do dia, vamos jantar nas margens do Lago Phewa e apreciar o pôr-do-sol.

Noite em hotel em Pohkara.

Acordamos cedo e rumamos a Sarangkot para testemunhar aquele que será o último o nascer do sol com vista directa para as montanhas do Himalaias desta viagem. A paisagem é vasta e sublime e alcança o lago, o vale e os cumes gelados vestidos de branco da região do Santuário dos Annapurnas. Seguimos viagem, de autocarro, até Kathmandu. Passeamos pelas ruas da cidade e vamos jantar a um restaurante local.

Noite em Hotel em Kathmandu.

A viagem está a terminar e nós vamos aproveitar este último dia para visitar Bhaktapur, a terceira maior vila no vale de Kathmandu. É um dos lugares mais interessantes do vale, dá ideia de um lugar perdido no tempo. A ausência de carros torna a visita a esta vila bastante agradável e dá ideia de que estamos num museu ao ar livre. Almoçamos e a meio da tarde voltamos para Kathmandu para umas compras de última hora e preparar o regresso a Portugal.

Chegada a Portugal.

LIDER DA VIAGEM

Tânia Muxima
O acompanhamento pelo fotógrafo/viajante que idealizou a experiência fotográfica para o grupo, organizou toda a logística em conjunto com o Fotoadrenalina e parceiros, mas sobretudo vai estar contigo todos os dias para te levar aos lugares mais incríveis deste destino.

Mais detalhes sobre a viagem

Transportes

INCLUÍDO:

Transfer aeroporto > hotel Kathmandu
Transfer hotel Kathmandu > aeroporto
Autocarro Pokhara > início do trekking em Nayapul
Voo Jomsom > Pohkara
Autocarro Pohkara > Kathmandu
Transporte para Bhaktapur

NÃO INCLUÍDO:

Deslocamo-nos da forma mais barata dentro das cidades, a pé.
Há sempre a opção de usar outro transporte, por conta de cada um.

Atividades

INCLUÍDO:

Todos os trekking a líder e os acompanhados com guia local
Permit: Tims Card e entrada nos Annapurnas

NÃO INCLUÍDO:

Entrada em templos, monumentos e praças
Poderá gastar cerca de 30€ a 50€

ALOJAMENTO

INCLUÍDO:

Todas as noites referidas no programa.

NÃO INCLUÍDO:

Não aplicável.

Alimentação

INCLUÍDO:

Todos os pequenos-almoços.
8 almoços e 8 jantares.

NÃO INCLUÍDO:

Os restantes almoços e jantares.

Nepal | 2023

Sobre o destino:

Moeda

Rupia Nepalesa

MeteoROLOGIA

A temperatura poderá, na zona de trekking, ir de 5 graus à noite até 20 graus durante o dia. É importante, para esta actividade, vestir mais do que uma camada. O vale de Kali Gandaki é um local ventoso, é importante também levar um casaco para as manhãs de vento mais frio. Em Kathmandu e Pokhara o clima é mais quente e as temperaturas poderão ir de 15º a 25º.

PASSAPORTE

Obrigatório, com validade superior a 6 meses, a partir do último dia de viagem.

Visto

É necessário e pode ser pedido no aeroporto.
Os cidadãos que não tenham nacionalidade Portuguesa devem verificar nas embaixadas do seu país.

Fuso HORÁRIO

+ 5:45 horas que Portugal Continental.

Saúde

Necessária consulta de viajante.
O seguro de viagem é obrigatório (realizado pelo Fotoadrenalina).
Informações sobre Codid-19 serão dadas mais perto da viagem.

Segurança

É um país seguro, no entanto aconselha-se os cuidados normais de segurança, sobretudo com o material fotográfico, documentação e dinheiro.

TelecomUNICAÇÕES

Nepal +977
Portugal +351

As 14 perguntas que devo ler antes de viajar

São para todos os que gostam de viajar. Apenas juntamos à viagem a oportunidade de fotografar.

Não, mas gostamos de juntar à viagem a oportunidade e o tempo para fotografar. Podes fotografar com um telefone ou com uma câmara reflex, mas queremos que registes o teu olhar para recordares e partilhares. É uma viagem com oportunidades fotográficas, onde podes também aprender, praticar e partilhar dúvidas, mas não é um workshop em viagem.

Partimos do princípio que sim, mas depende mais de ti do que de nós. Deves ter a capacidade de aceitar em viagem o imprevisto, o cansaço, as adversidades e relativizar os problemas que possam surgir. Deves sempre tratar bem os outros participantes e nunca falar mal deles. É importante gostares de conviver com pessoas, já que vais viver com elas 24 horas por dia. Deves ter sentido de humor, porque ajuda a tornar uma situação negativa em positiva.

Varia, os grupos são pequenos dentro das 6 a 12 pessoas. Como vais com um líder, temos de ter um mínimo de 6 pessoas.

No item da reserva, colocas o teu nome, mail e telefone e nós enviamos-te um formulário com todos os dados que precisamos para seguires viagem.

Podes comprar tu ou o Fotoadrenalina, através dos nossos parceiros (agência de viagens). Lembramos que há vantagens em comprar com os nossos parceiros, já que se houver algum problema antes ou durante a viagem, não tens de te preocupar, a agência de viagens trata de tudo. A agência de viagens cobra uma pequena taxa, mas compensa já que tens sempre o apoio e a segurança deles na gestão do voo.

Quando a viagem for confirmada pela equipa do Fotoadrenalina. Para isso, precisamos de um número mínimo de participantes, que são 6 pessoas. A partir da confirmação da viagem, enviamos um mail a todos os inscritos com a indicação dos horários dos voo do grupo e o preço do voo. Podes comprar por ti ou pelos nossos parceiros, mas têm de coincidir a hora de chegada ao destino e hora de partida do destino. Se não coincidir, as deslocações do aeroporto e o encontro com o grupo fica a cargo do participante.

Depende dos países e dos locais. Gostamos de dar “boa cama”, mas nem sempre há disponível a cama ideal. Pedimos sempre quartos com camas separadas e com quarto de banho no quarto, mas em locais mais remotos, por vezes as condições são diferentes e temos de ter a capacidade de aceitar que as condições não são iguais em todos os países do mundo. Se achas que queres mais privacidade e conforto quando vais dormir, podes pedir quarto individual, mas terás um custo extra associado (pede cotação ao Fotoadrenalina).

Após a inscrição e do formulário preenchido deves fazer o pagamento de 10% do valor total da viagem (excluindo os voos) Assim que a viagem seja confirmada pelo Fotoadrenalina, com o número mínimo, pedimos a todos os inscritos mais 15% do valor total e passamos a accionar os voos. Os restantes 75% do valor total é pedido 1 mês antes da data da viagem.

Sim, em todas as viagens é obrigatório fazer um seguro em viagem para o grupo. O seguro em viagem não paga tudo ou qualquer coisa (ver as condições da apólice). É preciso sempre o relatório do incidente e o comprovativo da despesa. O líder avisará a equipa do Fotoadrenalina em Portugal, que entrará em contacto com a seguradora para fazer todo o acompanhamento (não precisas de te preocupar). O seguro em viagem do Fotoadrenalina incluí situações de COVID-19, mas não de outra pandemia. Podes fazer para as datas da viagem, mas podes também fazer seguro de cancelamento da viagem, mesmo em situações de dares positivo ao Covid-19, antes da viagem. (Ver condições). Deve avisar o Fotoadrenalina se queres o seguro de cancelamento da viagem, para ser accionado ao mesmo tempo que o voo.

Até haver melhores notícias, todos os participantes têm de ter sempre máscaras e álcool gel durante toda a viagem. Nas caminhadas é opcional o uso de máscara, mas no quarto de hotel é obrigatório, exceto para dormir. Cada país e cada viagem têm condições diferentes de entrada, mas é enviada informação para cada viagem aos participantes após a inscrição. Há seguro de cancelamento de viagem e durante a viagem com condições específicas de covid-19.

Podes desistir até a viagem estar confirmada e serão devolvidos os 10% pagos. Quando a viagem está confirmada, vamos pedir mais 15% e vamos também accionar os voos. A partir daqui será mais difícil reaveres o teu dinheiro, visto os voos são não reembolsáveis e já temos acordos com os parceiros (alojamento, atividades, etc). Os 25% já pagos ao Fotoadrenalina, só devolvemos em voucher, com validade de 1 ano para gastares em qualquer viagem. Os restantes 75% da viagem só são pagos 1 mês antes da viagem, mas se desistires após essa data, serão cobrados todos os serviços de terceiros já pagos. O restante não cobrado pelos parceiros será devolvido em voucher para gastares no prazo de 1 ano.

Todos os valores pagos serão devolvidos se for o Fotoadrenalina a desistir da viagem. Se a viagem for cancelada por motivos externos ao Fotoadrenalina, por exemplo em caso de uma pandemia, guerras, greves ou pelas entidades oficiais dos países, tentaremos com os parceiros a devolução do dinheiro, mas se não for possível, emitimos um voucher nos valores não cobrados com validade de 1 ano. Aconselhamos a todos os participantes fazerem seguro de cancelamento de viagem (ver condições).

É melhor sempre enviar um mail para ficar registado e por escrito: info@fotoadrenalina.com Se for algo simples e/ou urgente podes enviar mensagem pelo WhatsApp ou ligar 916222009.

OUTROS DESTINOS que também vais gostar...

Ao submeter o seu email irá receber comunicações promocionais do Fotoadrenalina via email. Pode cancelar quando quiser.

PARCEIRO OFICIAL

RESERVA DE VIAGEM

Nepal | 2023

Valor para reservar: (10% do valor total) 137,00€
Valor total: valor da experiência: 1370,00€
×